Posts tagged brinquedos históricos

Brinquedos históricos – Pebolim, Totó

Pebolim - Totó

O que é?

Futebol de mesa, popularmente conhecido em alguns lugares como totó (Pernambuco, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pará e outros), pebolim ou pimbolim (São Paulo, Paraná, Santa Catarina e sul de Minas Gerais), pacau ou fla-flu (no Rio Grande do Sul), matraquilhos ou matrecos (em Portugal) — é um jogo inspirado no futebol, que consiste em manipular bonecos presos a manetes, possibilitando “jogar futebol” numa mesa.

Os jogadores usam figuras montadas em barras rotatórias para “chutar” uma bolinha até o gol do adversário. São necessários reflexos rápidos para controlar os bonequinhos de forma eficaz. O vencedor pode ser definido ao se atingir um placar pré-determinado ou em partidas por tempo. Eventos oficiais têm suas regras próprias.

Você sabia?

No Brasil e em Portugal, o futebol de mesa é disputado principalmente como brincadeira, em casas de jogos, escolas e clubes. Nesses casos, os jogadores costumam combinar suas próprias regras. Em meados da década de 1960, alguns países criaram federações nacionais para organizar regras e torneios, mas apenas em Agosto de 2002 surgiu a International Table Soccer Federation (literalmente, “Federação Internacional de Futebol de Mesa”), da qual Portugal também é membro através da FPAFM (Federação Portuguesa das Associações de Futebol de Mesa). O Brasil filiou-se em 2007, através da ABP (Associação Brasileira de Pebolim).

Há duas formas básicas de jogar futebol de mesa: individual ou em duplas. Jogando de forma individual, há um competidor de cada lado, cada um responsável pelas quatro manipulas que comandas as barras dos bonecos. No jogo de duplas, um jogador de cada time fica responsável por “goleiro” e “defesa” e o outro, por “meio-de-campo” (ou “meio-campo”) e “ataque”.

Vídeo

Jogue online

Clique aqui – 1

Clique aqui – 2

Espero que gostem! 😉

Leave a comment »

Brinquedos históricos – Futebol de Botão

Futebol de Mesa

O que é ?

Futebol de Botão é um jogo simulado de futebol praticado com botões apropriados, que, de certa forma, representam os jogadores e são movidos com o auxílio de uma palheta; é praticado como um “passatempo” e como esporte oficialmente reconhecido sendo, nesta última condição, denominado “Futebol de Mesa” “Futebol de Botão”.

Você sabia?

O Futebol de Mesa é praticado oficialmente em cinco modalidades; três oficiais (Disco, Bola 12 Toques, Bola 3 Toques) e duas experimentais (Dadinho 9×3 e Pastilha).

A CBFM (Confederação Brasileira de Futebol de Mesa) regula e orienta a prática desse esporte no Brasil. Uma das principais lutas dos praticantes é fazer com que o esporte seja conhecido pelos leigos como Futebol de Mesa e não como Jogo de Botão, pois essa associação faz com que o esporte esteja ligado à prática de um jogo infantil o que dificulta seu reconhecimento público como esporte e, consequentemente, seu desenvolvimento.

O Futebol de Mesa (também chamado de Futmesa), desenvolve campeonatos estaduais individuais e por equipes. Os grandes clubes de futebol também têm equipes participando, como Corinthians, Nacional, Palmeiras, Rio Branco e Santos em São Paulo e América, Botafogo, Bangu, Flamengo, Fluminense, Vasco da Gama e o Friburguense no Rio de Janeiro.

Vídeo:

E aí, vai encarar? ;D

Leave a comment »

Brinquedos históricos – Ioiô

Ioiô.

De que é feito e como funciona?

Ioiô é um dos brinquedos mais antigos que existe. É constituído de dois discos, geralmente de plástico, mas podendo ser também de madeira ou metal, unidos no centro por um eixo no qual prende-se uma corda. Deixando-se cair o ioiô, de certo modo ele sobe com o impulso, e a corda se enrola; deverá outra vez cair e subir, sucessivamente, até que termine o impulso inicial.

Você sabia?

Existe um mito muito difundido sobre o ioiô como sendo originalmente arma e instrumento de caça, nas Filipinas. Supostamente os nativos utilizavam-no colocando duas pedras no lugar dos discos e uma corda de até seis metros.

Vídeo:

Relembrar a infância, não tem preço…

Leave a comment »

%d blogueiros gostam disto: